Oliver promove dia de rock com open food

 

unnamed (1).jpg

Os clássicos vão tomar conta do  Oliver! No dia 1º de maio, a partir do meio-dia, o restaurante promove 12 horas de puro rock and roll com os melhores pratos de porco da cidade no Pork’n Roll.

O line-up da festa terá uma homenagem ao poeta exagerado com Renato Azambuja (Surf Session) com o projeto Cazuza in Concert, e também o Momento Barão Vermelho com a participação do Gaetano (Alerta Vermelho) no palco Pink Weiss.

Já o palco Viena Rost terá a participação dos músicos Gustavo Bertoni, Tomas Bertoni, Lucas Furtado e Philipe Conde (Scalene).

unnamed (2).jpg

O palco Oink Ipa terá um dos mais originais e intensos guitarristas do Brasil, Haroldinho Mattos e banda com os clássicos do rock & blues dos anos 50 e 60. A apresentação de Mattos conta com a participação do cantor Digão (Raimundos) para uma apresentação com  melhor do rock brasileiro.

Além das atrações musicais, a festa conta ainda com os DJs Nando Cunha e Carlos Maffra.

A parte gastronômica do Pork’n Roll terá um menu especial criado pelos grandes chefs e empresários da cidade e o melhor: Open Food!

O Oliver terá a Paella Jambalaya; Parrilla Madrid o PorkBurger, Choripan e Bacon Caramelizado; a Baco Pizzaria  a Pizza Linguiça Picante; o Le Birosque a Porqueta com Polenta; o  IVV Swine Bar a Medjool Assadas: tâmaras recheadas com gorgonzola envoltas com pancetta, o 400QUATROCENTOS  preparará o Porco no rolete; já a Toca do Chopp será responsável pela Carta Fechada: pastel com linguiça picante, couve, mozzarela e geleia de pimenta.

Os ingressos de pré-venda estão disponíveis no restaurante Oliver (Clube de Golfe), Parrilla Burger (408 sul), loja Tullipa (Noroeste) e na Bilheteria Digital por R$100 (feminino) e R$120 (masculino). Os valores promocionais estarão disponíveis apenas na primeira semana de venda.

Serviço:

Pork’n Roll

Data: 1º de maio

Horário: a partir do meio-dia

Local: restaurante Oliver (Clube de Golfe de Brasília)

Ingressos: pré-venda R$100 (feminino) e R$120 (masculino)

Pontos de venda: Oliver (Clube de Golfe) Parrilla Burger (408 Sul), Tullipa (Noroeste) e Bilheteria Digital.

11ª edição do Mania de Vinho, acontece dia 09 de maio no D&D Shopping, em São Paulo

blob
 
 
No próximo dia 09 de Maio, a Art des Caves, pioneira na fabricação de adegas climatizadas no país – que em 2017 completa 20 anos – inicia a 11ª edição do Mania de Vinho, temporada de descontos de até 40% em rótulos de diversas nacionalidades, com um evento no D&D Shopping, em São Paulo.
 
Na ocasião, clientes e convidados da empresa, entre eles sommeliers, arquitetos, decoradores e profissionais da imprensa, serão recebidos para a degustação dos vinhos em promoção. São esperadas durante a recepção, que será aberta também ao público, mais de 1,5 mil pessoas. Para participar, basta realizar a inscrição através do site http://bit.ly/2oEXsJN 
 
Além de títulos exclusivos da Art des Caves no Brasil, como Pinna Fidelis e Malco, o consumidor terá acesso – no dia do evento e durante todo o período de descontos –, a rótulos com excelente custo-benefício de empresas parceiras, que terão estações próprias na avant première: Obra Prima, Mistral, Ravin, Dominio Cassis, Bodegas, Optimus, Weinkeller, Lidio Carraro, Inovini, Wine Experience, Villaggio Grando e Vince.
 
Para que o público possa ter uma experiência completa ao degustar esses vinhos, as marcas Mestre Queijeiro e Senhora das Especiarias ficarão responsáveis, respectivamente, pela harmonização de queijos e geleias e compotas, com profissionais que darão dicas de como combinar os sabores com as características das bebidas. Participam ainda da ação a Weinkeller, com linguiças e mostardas, a Casa do Bento Pães Artesanais e a Água Platina.
 
Neste ano, o Mania de Vinho, que já faz parte do calendário paulistano dos amantes da enologia, acontece entre os dias 09 a 31 de Maio, em duas lojas físicas da Art des Caves.
 
Novidades em adegas
 
Para coroar os seus 20 anos de existência, a Art des Caves apresenta ao público, durante o Mania de Vinho 2017, os seus mais recentes lançamentos em adegas. Duas de suas mais conhecidas linhas acabam de ganhar novas versões: a Sommelier, que agora aparece nos modelos para 200, 90 e 40 garrafas; e a Petit, para 38 garrafas.
 
Com perfis diferentes, ambas possuem o que há de mais moderno quando o assunto é tecnologia. A Sommelier, que pertence a uma linha mais profissional, é produzida com portas Bordeless, prateleiras cromadas, iluminação em LED, além de tecnologia antivibração e alarme sonoro. Já a Petit, destinada ao consumidor que está ingressando no mundo do vinho, vem com prateleiras cromadas, iluminação interna e painel touch. Em comum, as duas linhas apresentam controle eletrônico de temperatura.
 
Serviço
Data: 09 de Maio de 2017
Horário: das 15 às 21 horas
Local: D&D Shopping/Piso Superior
Endereço: Avenida das Nações Unidas, 12.551 – São Paulo
 
Onde encontrar:
 
SÃO PAULO 
                                                      
Morumbi Shopping
Av. Roque Petroni Junior, nº 1089
Loja 227-1
Fone: 11 5181-1723/1725
 
D&D Shopping
Av. Nações Unidas, nº 12551
Loja 239 – térreo
Fone: 11 5505-0223/0290
 
Sobre a Art des Caves – Pensando em todos os estilos, a Art des Caves desenvolve há 20 anos as melhores adegas climatizadas para vinho e climatizações de ambientes. Pioneiros no Brasil na fabricação de adegas climatizadas, ouvimos os desejos dos consumidores, pesquisamos continuamente e sempre criamos novidades no universo da enologia para todos os gostos. Nós atendemos tanto os clientes que admiram a tecnologia, o design moderno e a objetividade quanto os que seguem as tradições, preservam a cultura à risca e gostam de vivenciar no seu ambiente o estilo dos vinhos. Conheça nossos produtos no site www.artdescaves.com.br.

Ibravin e Embrapa apresentam dados da produção de uva no Rio Grande do Sul

unnamed.jpg

Na próxima segunda-feira, dia 24 de abril, a partir das 9h30min, a Embrapa Uva e Vinho e o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) apresentam o Cadastro Vitícola 2013-2015, no Auditório da Empresa de Pesquisa, em Bento Gonçalves (RS). A nova edição foi realizada pelas entidades promotoras, com o apoio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul (Seapi-RS) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Serra do Sudeste - Encruzilhada - FOTO Silvia Tonon.JPG

O Cadastro Vitícola 2013-2015 é uma sistematização de informações dos vinhedos declaradas pelos viticultores do estado do Rio Grande do Sul. A edição apresenta, além de uma análise criteriosa sobre os dados cadastrais, mapas com a distribuição espacial dos vinhedos georreferenciados, informações históricas de dados e gráficos da viticultura gaúcha nos últimos 20 anos e os números detalhados de área das propriedades e dos vinhedos, cultivares por microrregião e por município e vinhedos por variedades.

A pesquisadora e coordenadora do Cadastro Vitícola, Loiva Maria Ribeiro de Mello, que irá fazer uma apresentação da edição no evento, antecipa que se constata uma mudança na viticultura no Estado, que está avançando para regiões mais planas, nas quais é possível a mecanização do cultivo. “A viticultura tradicional da Serra Gaúcha é essencialmente de agricultura familiar, instalada em pequenas propriedades de topografia acidentada. Agora, com o avanço do plantio na Serra do Sudeste, por exemplo, as propriedades possuem maior área de produção ”, destaca a pesquisadora.

Dirceu Scotá, enólogo Dal Pizzol, pres., maio 2013, foto Carmen Abarzua.JPG
Dirceu Scottá, presidente da Ibravin

“O cadastro é fundamental para termos uma visão macro da produção de uvas no Estado, a fim de que as estratégias e políticas setoriais sejam assertivas. Essa realidade precisa ser monitorada permanentemente”, sinaliza o presidente do Ibravin, Dirceu Scottá. O dirigente também reforça a importância de implantação dessa ferramenta em todos os estados produtores de uva.

Desde o ano 2000, a coordenação técnica do Cadastro Vitícola é realizada pela Embrapa Uva e Vinho, por delegação do Mapa. O projeto é financiado pela Embrapa e pelo Ibravin, com recursos do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura (Fundovitis) e conta com o apoio de outras instituições e entidades (sindicatos de produtores, Emater/RS e associações de produtores). Após o evento, o cadastro e todas as suas possibilidades de buscas a partir de filtros estabelecidos estarão disponíveis para consulta, impressão ou exportação na página da Embrapa Uva e Vinho (https://www.embrapa.br/uva-e-vinho/cadastro-viticola).

SERVIÇO

O que: Lançamento Cadastro Vitícola 2013/2015

Quando: 24 de abril de 2017, 9h30min

Onde: Auditório do Centro Técnico da Embrapa Uva e Vinho (Rua Livramento, 515), em Bento Gonçalves (RS)

Edição: Su Maestri

963730_736025869760121_1590637826_o

FOTO
Legenda:
Mudanças na viticultura gaúcha, como o avanço de produção em regiões mais planas, a exemplo da Serra do Sudeste, serão apresentadas segunda-feira na Embrapa Uva e Vinho

Crédito: Silvia Tonon

 

 

Festival de Cozinha Acriana no Universal

MaraAlcamim_FotoDanielZukko5.jpg

Os cerca de 3.000 quilômetros que separam as delícias gastronômicas do Acre e a capital federal do país serão reduzidos drasticamente nos próximos dias. E a responsável por isso é a chef Mara Alcamim.

No fim de abril, após uma incursão de quatro dias com cozinheiros e chefs locais da região, ela voltou a Brasília com a ideia de lançar um Festival de Cozinha Acriana. E assim será: a partir desta quinta-feira (20/4) até sábado (22/4), o público poderá conferir no jantar, do Restaurante Universal (210 Sul), um menu degustação – composto por sete etapas –,  que proporcionará uma viagem pelos sabores do estado. O valor é de R$ 149,00 por pessoa, e as bebidas serão cobradas à parte.

ambiente_universal diner_foto leo feltran_0019.jpg

 Conhecida por sua cozinha criativa e apaixonada pela culinária brasileira, Mara Alcamim tem como características a curiosidade e a mescla de sabores. No entanto, durante o Festival de Comida Acriana, fará questão de preservar a originalidade dos pratos bem como suas autorias, um agradecimento ao carisma de um povo tão querido que tem prazer em receber e repassar conhecimento adiante. “Você se sente muito amada. Pessoas que você nunca viu, briga para você ir as suas casa experimentar um prato, para te levar ao aeroporto, para te ensinar uma receita de família. É um lugar muito especial”, destaca a chef. Couvert do Líbano_Foto Divulgação (2).jpg

A qualidade dos produtos também impressionou Mara Alcamim, dos peixes frescos, temperos e frutas à carne de gado. A elevada qualidade do gado acriano é atribuída à técnica de criação do “boi verde”. O animal só come alimento natural, o capim. Em 40% das pastagens há o “consórcio” com leguminosas, fornecedoras da adubação orgânica. Por isso, para o festim dessa semana, a chef trouxe muitos insumos de lá:  farinha de Cruzeiro do Sul, pirarucu, filhote, pimenta olho-de-peixe, pimenta-de-cheiro, 20 litros de tucupi e banana-comprida estão entre alguns deles. Dessa forma, Mara espera incentivar os brasilienses a conhecer um pouco mais dessa gastronomia bem como proporcionar elaborações não rotineiras.

O menu degustação abre com  Couvert  do Líbano, receita da Chef Sibelle Khalil, do Restaurante La Nonna. Nessa etapa, será servido um charuto de folha de couve recheado com arroz, carne moída e especiarias árabes. Algo típico da região, já que o estado conta com grande população de libaneses.

 Na sequência, Pirão de Galinha Caipira, da chef Dona Alzira, da Pensão da Mãezinha, uma barraca que fica no Novo Mercado Velho. Em seguida, vem a Baixaria, especialidade de Antônia Pereira, a Toinha, que atende no Mercado do Bosque. Mas não pense bobagem! Baixaria por lá nada mais é que carne moída, cuscuz de milho, cheiro-verde e ovo frito. A diferença é que, no menu degustação do Universal, o preparo será com ovo de codorna também frito. Esse prato é bastante requisitado nos cafés-da-manhã nos mercados populares em todo o Acre, muito consumido por quem saiu de uma boa festa e precisa recompor a energia para encarar o dia.

Moquequinha de Filhote com Pirão de Farinha do Cruzeiro do Sul_Foto Divulgação (3).jpg

Há ainda o quarto prato, que será a Moquequinha de Filhote com Pirão de Farinha de Cruzeiro do Sul, do chef Luciano Santiago, que também tem uma banca no Mercado do Bosque. O peixe fresco e a farinha foram trazidos do Acre. Conhecida como a melhor do país, essa farinha de mandioca é um produto regional artesanal, tem grande valor cultural e contribui para a garantia da segurança alimentar das famílias locais, além de ser um dos principais produtos agrícolas da região.

Creme de Tapioca com doce de abacaxi_Foto Divulgação (2).jpg

A quinta etapa – o Pirarucu com Banana-Comprida e Creme de Castanha-do-Brasil e Limão – é assinado pela chef Mara Alcamim. O peixe – também trazido do Acre – fica bastante saboroso com a banana, que se assemelha à  banana-da-terra. Para finalizar a sequência de pratos salgados, será servido Arroz de Pato com Tucupi e Confit, o carro-chefe do restaurante Point do Pato, comandado pela chef Socorro Jorge. Para os três dias de festival, a chef Mara trouxe cerca de 20 litros de tucupi. O Creme de Tapioca Com Doce de Abacaxi, da Chef Sibelle Khalil, um dos doces mais famosos da região, encerra a noite.

Festival de Cozinha Acriana
No Restaurante Universal (CLS 210, Bloco C, Loja 18, Asa Sul, Brasília-DF), de
quinta-feira (20/04) a sábado (22/04), no jantar. Valor: R$ 149,00 por pessoa (bebidas não inclusas). Reservas: (61) 3443-2089.

Edção: Su Maestri

963730_736025869760121_1590637826_o

Madero inaugura no Park Shopping com jantar beneficente em prol da Abrace

Imagem inline 1

No dia 26 de abril o Distrito Federal recebe a quarta unidade do Madero, uma das maiores redes de casual dining do país, com 88 restaurantes no Brasil e um em Miami, nos Estados Unidos. O novo restaurante Steak House do Madero abre suas portas no Park Shopping Brasília, com o menu que já faz sucesso em todo o país, com sanduíches, carnes, massas, saladas, sobremesas e capacidade para receber 130 pessoas.

A abertura ao público acontece no dia 27 de abril, mas na noite do dia 26, a partir das 19h30, o Madero realiza um evento beneficente de pré-inauguração em prol da Abrace, instituição de Brasília que oferece assistência social para crianças e adolescentes com câncer e doenças hematológicas. Os convites podem ser adquiridos na sede da Abrace (QE 25, Área Especial I CAVE – Guará II) pelo valor de R$125, com renda 100% revertida para a entidade.

Os convites dão direito a um jantar com entradas, prato principal, sobremesa e bebidas, incluindo chopp e caipirinhas. Os eventos beneficentes de pré-inauguração integram a agenda social do Madero, que tem como meta para 2017 arrecadar R$ 1 milhão para instituições de todo o Brasil.

“O Madero é um sucesso em Brasília e a cidade sempre nos recebe muito bem desde o começo. É uma satisfação ver que os três restaurantes do Madero, no Pátio Brasil, no Shopping ID e em Águas Claras, estão sempre cheios. Esse público fiel e sempre presente é um fator decisivo na escolha dos nossos futuros endereços. E temos certeza que o Madero do ParkShopping vai nos surpreender também”, comemora o presidente e chef do Madero, Junior Durski. “Vamos retribuir a fidelidade do brasiliense doando a renda do jantar para a instituição”, emenda.

O Madero Steak House do ParkShopping vai funcionar de segunda a sábado, das 11h45 às 23h, e aos domingos e feriados, das 11h45 às 22h30.

Sobre o Madero – Fundado em 2005 pelo chef Junior Durski, o Madero é uma das principais redes de restaurantes do Brasil, com dois principais modelos de negócio em operação: Steak House (casual dining) e Container (fast casual). A marca é reconhecida por produzir e servir cheeseburgers gourmet, o carro-chefe, além de carnes, massas, saladas e sobremesas – com rigoroso controle de qualidade, em um ambiente diferenciado. Atualmente, são mais de 85 restaurantes espalhados por 11 estados, um no Distrito Federal e um em Miami, que juntos faturaram, em 2016, R$ 446 milhões. Para abastecer a rede, o Madero possui uma fábrica no Paraná com capacidade de produzir 2 milhões de hamburgers por mês. Para 2017, seu plano de expansão prevê 40 novos restaurantes.

Sobre a Abrace – Criada em 1986, a Abrace sobrevive exclusivamente de doações da comunidade, oferecendo assistência social para cerca de 800 crianças e adolescentes com câncer e doenças hematológicas, com dificuldades socioeconômicas. A instituição oferece subsídios necessários como alojamentos na Casa de Apoio para crianças que não residem no DF e pequenas reformas na residência das que moram na cidade, alimentação, medicamentos, transporte, assistência odontológica, palestras sobre a doença e apoio logístico domiciliar para os pacientes em cuidados paliativos. O Hospital da Criança de Brasília também foi construído com doações. Inaugurado em 2011, atende atualmente cerca de 250 crianças por dia.

Serviço

MADERO STEAK HOUSE PARKSHOPPING
Jantar beneficente de inauguração: 26 de abril de 2017, das 19h30 às 22h
Venda de convites: Abrace – (61) 3209-8800 ou (61) 98471-1050
Abertura para o público em geral: a partir de 27 de abril de 2017
Endereço: ParkShopping – Área 6580, Guará
Funcionamento:
– segunda a sábado, das 11h45 às 23h
– domingos e feriados, das 11h45 às 22h30

Edição: Su Maestri

Degustação dos grandes vinhos do Castello Banfi na World Wine Bar, dia 20, na 410 Sul.

CB_Brunello_label.jpg

Na próxima quinta-feira (20) as 19hs30 a  World Wine Bar, dos empresários Keller Alves e Marcos Rachelle, promoverá uma degustação exclusiva em Brasília.

world-wine-brasc3adlia-marc.jpg
Marcos Rachelle e Keller Alves

Nada menos que um dos mais ovacionados e desejados produtores da  Toscana:  o Castello Banfi, uma das propriedades mais importantes vinícolas, que teve um papel fundamental no renascimento da região de Brunello e projeção internacional dos vinhos produzidos na Toscana. E também acumula premiações de peso, sendo eleita vinícola do ano pela Wine Enthusiast e Wine & Spirit.

4379-3.jpg

. A degustação contará com a presença do Embaixador  da Banfi, Felipe Marconi, que conduzirá a degustação dos excelentes vinhos, Centine Bco Toscano, Centine Tinto Toscano, Rosso di Montalcino, Brunello di Montalcino e Aska Supertoscano.

953-3.jpg
Castello Banfi – Montalcino

Em uma de minhas passagens pelo Castello Banfi, em Montalcino, pude degustar grandes vinhos como: Brunello di Montalcino DOCG Castello Banfi, Chianti Classico Riserva DOCG 2012,  Aska Bolgheri Rosso 2012,   Brunello di Montalcino Riserva “Poggio all’Oro” DOCG 2007, absolutamente um vinho espetacular!

17359424_10155132898967210_7281602610657492115_o.jpg
Panorama dos vinhedos do Castello Banfi

O Castello Banfi foi criada em 1978  pelos  irmãos ítalo-americanos John e Harry Mariani, que sempre desejaram desenvolver um grande projeto de vinhos na Itália, unindo a produção de alta qualidade, aliado a técnicas modernas para obtenção de vinhos de altíssimo nível. Ao lado desse projeto Ezio Rivella, um dos maiores enólogos da Itália, desenvolveu o seu trabalho buscando no solo e no privilegiado micro-clima todos os elementos para  criar os grandes vinhos.

su bamfi.jpg
Su Maestri do Blog Vinho Capital em degustação no Castello Banfi

A propriedade se estende ao Sul de Montalcino, na divisa do Val d’Orcia, e possui cerca de 2.830  hectares, dos quais 1/3 são cultivos de vinhedos e o restante de oliveiras, pomares e florestas.

DSC02667.JPG

Os prestigiados vinhos produzidos por Banfi possuem características que une fortemente a paixão pelo vinho e o território de onde eles nascem. É desse conceito que nasce os grandes vinhos de Montalcino (Brunello, Rosso di Montalcino e Moscadello), além de  outros de peso na Toscana, como Chianti, Bolgheri, Chianti Classico, e ainda com alguns dos nomes mais famosos do Piemonte.

Não bastando a grande expansão e crescimento dos negócios nos últimos anos, a Banfi se uniu as vinícolas chilenas Concha Y Toro e a Emiliana, conhecida e apreciada em todo o mundo pela sua produção orgânica e biodinâmica.

DSC02677.JPG

Serviço

World Wine Bar – Degustação Castello Banfi

Valor do Investimento: 120,00 + 10%

Mediante Reservas antecipadas

SCLS 410 Bloco D Loja

Telefone: (61) 3526-6168

Edição: Su Maestri

963730_736025869760121_1590637826_o

Imagens: Su Maestri /Divulgação Castello Banfi

Brasília se prepara para receber o Capital MEATing, maior festival de Carnes e Churrasco do país

Churrasco_abre-1200x480.jpg

Nos dias 21, 22 e 23 de abril, o Capital MEATing movimentará Brasília. O 1º Congresso de Carnes e Churrasco do Brasil é organizado por Berlota Joaquina, brasiliense chef de cozinha e vencedora do reality show BBQ Brasil. A profissional irá mostrar ao público todos os truques do universo das carnes.

Na próxima semana começa a montagem da megaestrutura no Brasília Palace Hotel (Setor de Hotéis de Turismo Norte), que será o palco da grande reunião gastronômica. Os espaços culinários terão capacidade para receber mil pessoas.

Segundo Berlota, o evento vai alcançar todos os públicos, desde do entusiastas gastronômicos até os chefs e empresários do ramo. Além desses churrasqueiros ensinando a mandar a brasa no congresso previsto para sexta e no sábado, eles vão mostrar seus dotes culinários no festival de churrasco, que encerrará o Capital Meating no domingo (23).

Congresso de Carnes e Churrasco do Brasil

Chefs de diversas partes do país darão aulas e palestras dentro do tema “Meat – from farm to table” (Carne – da fazenda à mesa) nos dias 21 (sexta) e 22 (sábado) de abril em um auditório, duas cozinhas e uma praça do fogo. Serão debatidos temas como raças, criação, genética, saúde, desossa, cortes, técnicas de churrasco e como escolher e preparar uma ótima carne.

Palestrantes, chefs e churrasqueiros participantes:

Berlota Joaquina

Clarice Chwartzmann

Cecília Araújo

Carlos Tossi

Daniel Lee

Jeferson Finger

Ligia Karazawa

Marcos (Guia do Hambúrguer)

Moema Machado

Marcelo Petrarca

Mário Portella

Paula Labaki

Renata Carvalho

Reinaldo Lee

Romulo Morente

Roberto Ravioli

Rodrigo Schweitzer

Sandro Boeck

Steve West

Antônio Ricardo Sechis

Ricardo Sechis

Cocar and Co.

Leonardo de Oliveira Resende

Dra. Liliane Seguisawa

Dr. Pedro Veiga Rodrigues Paulino

Roberto Barcellos

Festival de Carnes e Churrasco

No domingo (23), último dia de evento, acontece o Festival de Carnes e Churrasco aberto ao público. Uma grande tenda reunirá 14 estações comandadas pelos melhores churrasqueiros do país. Os comensais da boa gastronomia poderão degustar o que há de melhor e as mais variadas técnicas de preparos de carnes na brasa.

Estação da Ligia Karazawa – Picanha e Ancho

Estação da Clarice Chwartzmann – Costela no fogo de chão

Estação do Daniel Lee – Brisket defumado

Estação do Reinaldo Lee – Assado de Tira

Estação da Berlota Joaquina – Skirt Steak Passion

Estação do Paulo Tarso – Maminha e Bombom da Alcatra

Estação do Carlos Tossi – Porco Defumado

Estação do Roberto Ravioli – Porchetta

Estação da Paula Labaki – Sanduíche de Copa Lombo defumada

Estação da Renata Carvalho – Linguiça Bovina

Estação do Rômulo Morente – Varal de Cordeiro e Legumes no rescoldo

Estação do Roberto Barcellos – Arroz Campeiro

Estação da Cocar & Co – Costela de Tambaqui, Lombo de Pirarucu e Pirarucu inteiro.

Estação do Steve West – Carne de Búfalo

Os ingressos podem ser adquiridos através do site http://semhora.com.br. Lá é possível comprar ingressos para os dois dias de congresso (R$1.100,00), para o MEATing Festival (R$220,00) ou o combo, para os três dias (R$1.260,00). Estudantes de gastronomia, veterinária, zootecnia e agronomia têm desconto no valor do congresso (R$770,00).

Serviço

Capital MEATing – 1º Congresso de Carnes e Churrasco do Brasil

Quando: De 21 a 23 de abril (sexta a domingo)

Onde: Brasília Palace Hotel – Setor de Hotéis e Turismo Norte, Trecho 1, Lote 1

Valor:

Congresso (sexta e sábado): R$1.100,00

Festival (domingo): R$220,00

Combo (congresso + festival): R$1.260,00

Estudantes de gastronomia, veterinária, zootecnia e agronomia: R$770

Vendas pelo site: semhora.com.br/evento/capital-meating

Mais informações: http://www.shakethatbacon.com.br/eventos/capital-meating/

Instagram: @ capitalmeating

Edição: Su Maestri

963730_736025869760121_1590637826_o

Veja algumas harmonizações de vinho e chocolate

Quem disse que vinho não combina com chocolate? Para reforçar esta afirmação, a Casa Valduga apresenta rótulos que harmonizam perfeitamente com o sabor do doce mais requisitado na Páscoa.

unnamed

Selecionados criteriosamente de acordo com cada paladar, os vinhos e espumantes são itens indispensáveis para o cardápio das sobremesas após o almoço de domingo. Os amantes de chocolates meio-amargos podem desfrutar do tradicional Casa Valduga Raízes Terroir Carbernet Sauvignon, um tinto seco moderado, de paladar intenso e aroma amadeirado. Os fãs do chocolate branco podem optar pelo suave espumante Casa Valduga RSV Moscatel com aroma frutado de paladar cítrico e refrescante.

Para os que preferem os chocolates tradicionais, como ao leite, a Valduga tem o Vinho Licoroso 1875 como sugestão. Já o chocolate amargo é um excelente par para o vinho tinto seco Villa-Lobos Cabernet Sauvignon, renomado e premiado rótulo da Casa Valduga.

Além do paladar, a Famiglia Valduga faz um convite para quem quiser celebrar a Páscoa e aprender estas e outras dicas, ao vivo, no complexo Enoturístico da Casa Valduga. Com check in no dia 13 de abril, o pacote feito especialmente para a data se estende até o dia 16 e inclui opções com diárias de 2 a 3 dias com valores que variam de R$3.012,00 à R$4.436,00 por casal.

No pacote estão inclusos café da manhã ao som de piano, almoços com degustações dos melhores vinhos da casa, cursos de harmonização, entre outras atrações imperdíveis.

Sobre a Casa Valduga – Localizada no Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves (RS), a Casa Valduga é reconhecida mundialmente por seu padrão de excelência e pela tradição na elaboração de vinhos e espumantes. Posicionada entre as dez maiores vinícolas do País, também foi uma das pioneiras no desenvolvimento do enoturismo, com a criação do Complexo Enoturístico Casa Valduga. Mais informações: www.casavalduga.com.br.

Edição: Su Maestri

963730_736025869760121_1590637826_o

 

A vinícola Aurora dá dicas de vinhos para a Páscoa

bacalhau+reserva+chardonnay.jpg

Um dos pratos mais aclamados da Semana Santa é o bacalhau, sucesso garantido à mesa na Sexta-Feira da Paixão, no Sábado de Aleluia ou Domingo de Páscoa. Apreciado no Brasil nos mais diversos preparos, é justamente essa variação que sugere as diferentes harmonizações com vinhos.

O tradicional, regado a azeite de oliva extra-virgem e guarnecido de legumes cozidos, vai muito bem com vinhos brancos leves e de maior acidez. À altura da nobreza desse prato, a melhor opção é o Aurora Reserva Chardonnay, com sua deliciosa acidez, vibrante, uma explosão de frutas em perfeita harmonia com a boa estrutura, um vinho muito gastronômico que pode também escorar outros preparos do bacalhau. Elegante e versátil à mesa, o Aurora Reserva Chardonnay tem se saído muito bem nos mais importantes concursos internacionais de que participa.

Só em 2017 já conquistou 4 medalhas de ouro, sendo 3 delas na França: no Chardonnay du Monde, no Vinalies Internationales e no International Challenge du Vin, além do Internacional Bacchus, em Madri. No fim de 2016, o vinho conquistou medalha Duplo Ouro no La Mujer Elige e Duplo Ouro no Vinus, dois concursos internacionais realizados na Argentina.

Este e outros rótulos da Vinícola Aurora podem acompanhar com perfeição os vários peixes empanados, fritos, grelhados ou assados. Entre eles, Aurora Varietal Chardonnay, Aurora Varietal Riesling Itálico, espumantes como o Aurora Prosecco ou Aurora Brut (elaborado com Chardonnay). O bacalhau com natas, mais untuoso, ficará melhor na companhia de um branco mais estruturado e com estágio em carvalho, como o Aurora Pinto Bandeira Chardonnay, ou os espumantes da linha Aurora Procedências, o Chardonnay ou o Pinot Noir Branco, ambos Brut. Deixe o gastronômico e intenso Aurora Procedências Rosé Brut para aqueles ensopados de peixes, as moquecas, paellas ou risotos com frutos do mar e temperos mais marcantes ou que levem tomates. Não descarte a possibilidade de um tinto leve e frutado, de poucos taninos, para esses ensopados. Neste caso a dica é o Aurora Varietal Pinot Noir, super jovem e fr uta pura, para ser servido bem refrescado.

Para cordeiros e vitelos, o Aurora Reserva Merlot, estrela da prova do MasterChef Brasil realizada na Serra Gaúcha, é uma excelente opção. Também o Pequenas Partilhas Cabernet Franc ou o Aurora Pinto Bandeira Pinot Noir ficam excepcionais com essas carnes.

 

Cooperativa Vinícola Aurora

Visite o site: www.vinicolaaurora.com.br

SAC: 0800 701 4555

Matriz Bento Gonçalves (RS): (54) 3455-2000

Filial São Paulo: (11) 3051-6124

Escritórios e representantes em todo o território nacional

Edição: Su Maestri

Blog no WordPress.com.

Acima ↑