Vinícola Cantarutti em Friuli Venezia Giulia e sua vocação para produzir grandes vinhos

FullSizeRender (7).jpg
Antonella Cantarutti

Na Toscana,  visitando vinícolas e degustando os vinhos da região, tive a grata oportunidade de encontrar-me  com Antonella Cantarutti, uma grande produtora de vinhos de  Friuli,  que também faz parte da Associazione Nazionale Le Donne del Vino-Itália.  Passamos poucos dias juntas, mas o suficiente para degustar seus ótimos vinhos, e conversamos sobre o papel relevante da mulher no contexto da produção de vinhos da Itália.

Su e Antonella.jpg

A vinícola Cantarutti está  localizada nas colinas de Friuli  uma das renomadas denominações de origem  a Friuli Venezia Giulia, em uma das mais belas áreas montanhosas que limita a oeste pela região do Vêneto, a norte pela Austria, ao sul pela Eslovénia.

Uma região,que tem a  vocação para produção de vinhos brancos, é  privilegiada e fascinante onde os vinhedos recebem a brisa marítima  e uma luz excepcional para produção de vinhos de qualidade, principalmente os brancos fascinantes.

 Sobre a Vinícola Cantarutti

Fundada no final da década de 1960, por Alfieri Cantarutti, pai de Antonella, que assumiu os negócios da família e hoje, trabalha incansável para manter em evidencia o legado deixado por seu pai. Graças ao entusiasmo, determinação, e  respeito às tradições, a empresa com cerca de  54 hectares de área cultivada só de vinhas tem uma produção anual de 130 mil garrafas; É uma empresa que valoriza o trabalho em família tem à frente Antonella que  cuida pessoalmente dos aspectos comerciais e administrativos, enquanto Fabrizio, seu marido, atua na área de produção, colheita e vinificação.

sgdrbhty.jpg

Dos 54 hectares, a Vinícola Cantarutti cultiva uvas internacionais  como: Pinot Grigio, Sauvignon, Chardonnay, Merlot e Cabernet Sauvignon e  autóctones como: Ribolla Gialla, encontrada em vinhedos da DOC (Dominazione de Origine Controlatta) de Collio (Goritzia) e Colli Orientali (Udine), a  Friulano (antiga Tocai Friulana), também conhecida como Sauvignon Vert, que  produz os mais famosos vinhos brancos da região, possui característica  muito peculiar, portando corpo e cremosidade, com nuances  herbal e ótima acidez, , a Refosco, uma uva tinta que, como a branca Ribolla, tem alto grau de acidez, e produz vinhos bem escuros, com taninos muito presentes e nuances marcante de herbáceo, além de castas Schioppettino e Pignolo

IMG_8384.JPG

Para se obter um vinho de alto padrão e de valor particular, a Cantarutti emprega na produção processo cuidadoso e sofisticadas técnicas de  vinificação. Resultado: vinhos apreciados no mercado italiano e internacional sendo exportados para  Canadá – EUA – Japão – Áustria – Bélgica – Alemanha – Portugal – Escócia – Suíça.

A degustação:

1º Vinho:  Cantarutti Chardonnay D.O.C. Grave 2016

22532295_1871152306247466_165231316_o.jpg

 

Este varietal chardonnay mostra personalidade  na taça!  Possui linda cor  amarelo palha brilhante e perfeita limpidez. No nariz, os aromas são harmoniosos, um intenso perfume de frutas de caroço como o pêssego e o damasco e em seguida uma saborosa nota cítrica. Em boca é macio, cremoso, envolvente, traz toques mel e um delicioso acabamento adocicado, tudo em perfeito equilíbrio, pois a acidez está na medida certa

Vinho do enorme charme se bebido como um aperitivo, mas torna-se soberbo se acompanha massas elegantes e sopas macias; tentador de salame nobre, deliciosos queijos e carne branca nobre

2º Vinho – Pinot Grigio – D.O.C. Colli Orientali del Friuli 2016.

cant

 

Essa safra foi sem dúvida excepcional para os brancos. Vinho muito fresco e com uma complexidade peculiar, potencial para se tornar melhor em alguns anos. Com capacidade para  aprimorar suas características iniciais ao longo do tempo, mantendo o seu maravilhoso frescor.

Possui cor amarela palha pálida com reflexos rosa que se assemelham à cor típica da uva ramato (Ramato Pinot Grigio recebe este nome pelo método especial de vinificação: o mosto permanece em contato com a pele por 12 horas e esta prática dá ao vinho esta tonalidade incrível e peculiar). Este vinho possui aroma intenso e complexo, onde são encontrados flores do campo e de lima da persa, enquanto no palato há um equilíbrio igualmente amplo, que o torna muito elegante. Absolutamente encantador!

3º Vinho Cantarutti  Friulano D.O.C. Grave  2014

ghmhjkmhf

O vinho de coloração amarelo palha com reflexos esverdeados, apresenta aromas florais e frutados, com toques de mineralidade e frescor muito agradáveis.   No nariz aromas muito delicados de flores brancas e pera, e, em boca, muito equilíbrio e sabor mineral e frutado delicioso.

4º  Vinho:  Terre di  Rosazzo Scacco al Re  Friulano 2008

FullSizeRender (4).jpg

Um vinho de excepcional aroma de pêssegos brancos, abacaxi, banana. Seus 24 meses em barrica de carvalho trouxeram agradáveis aromas de baunilha ervas aromáticas e mel. Em boca muita cremosidade confirmando todos os aromas harmoniosamente. Muita elegância e frescor. Vinho excepcional!

5º Vinho – Cantarutti  Terre di  Rosazzo Scacco al Re – Sauvignon 2008

hjumhfj.JPG

Elegância é a palavra de ordem dessa seleção de vinhos Terre di  Rosazzo Scacco al Re. Esse Sauvignon é  vinho muito elegante!! De coloração brilhante e luminoso, surpreende por sua complexidade de aromas. Percebe-se  notas muito peculiares de sambuco, folhas de tomate e pêssegos amarelos. Um delicado toque de baunilha, menta e tabaco compõe esse delicioso vinho. Longa persistência  em boca e de grande estrutura. Absolutamente um vinho inesquecível.

Esta excepcional linha TERRE DI ROSAZZO foi lançado no mercado em 2008.

 6º Vinho – Poema Rosso D.O.P. Friuli Colli Oriental 2004

jmfhj.JPG

Um corte de 70% Merlot , 20% Cabernet Sauvignon e 10% Cabernet Franc compõe esse vinho de castas internacionais da Cantarutti. Um vinho complexo e extraordinário produzido com um verdadeiro trabalho de amor e dedicação. Como me relatou Antonella Cantarutti, “este vinho é uma obra de arte, um verdadeiro poema”.

Os vinhos produzidos por Antonella Catarutti são vinhos de muita presença, nada convencional. Eu gostei muito de todos os exemplares, e devo dizer que o Friulano, essa uva cheia de personalidade e robustez, considerada a mais masculina das uvas brancas, me encantou. Foi muito prazeroso conhecer vinhos tão especiais e  todos repletos de características de seu território incrível, a Friuli Venenzia Giulia.

Edição: Su Maestri

963730_736025869760121_1590637826_o1

Imagens: Su Maestri

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: