Antonella D’Isanto da vinícola I Balzini, uma das mulheres fortes do vinho italiano.

IMG_8238.JPG
Antonell D’Isanto e Su Maestri

Finalizando a etapa de degustações em Lucca/Toscana, sigo para encontrar minha amiga, a produtora Antonella D’Isanto em sua vinícola em Barberino Val d’Elsa na região de Chianti Clássico, localizada entre Firenze e Siena, no coração da Toscana. Uma propriedade de  13 hectares, dos quais 5,4 estão cobertos por vinhas de Sangiovese, Cabernet Sauvignon e Merlot.

ItalianWines-660x330.jpg

Uma recepção calorosa, digna dos italianos marcou a minha chegada!

i-balzini-01.jpg

Antonella veio ao meu encontro com um grande e largo sorriso, e um abraço caloroso me fez sentir absolutamente em casa, e de estar em um lugar muito acolhedor. Logo pude perceber a força e determinação dessa  mulher, orgulhosa  de seu território e seus vinhos.  Sem demora, já estava devidamente acomodada em um lindo chalé ao lado da cantina, carinhosamente preparado por Antonella para minha recepção.

IMG_8241.JPG

Meu encantamento com a paisagem foi marcante e de imediato Antonella D’Isanto me convidou para um passeio pela propriedade. Contou-me que a vinícola foi construída em um território riquíssimo de grandes achados históricos que remonta a idade media. Do terraço pude admirar as maravilhosas vinhas e oliveiras que rodeiam a vinícola, e também de lá, ao longe pode se ver as torres de San Gimignano. Abaixo, algumas obras de artistas italianos que utilizam vinhos para produção das obras, denominadas, enoarte.

Curiosa sobre o nome da vinícola, Antonella conta que que o nome “Balzini” vem do dialeto toscano  para definir pequenos terraços, o local exato em que foram plantadas as vinhas, e quando meu marido comprou a propriedade onde ele plantou a primeira vinha, o cadastro foi chamado de ‘Balzini , que  também nomeia seus vinhos. Trata-se de uma  homenagear  um vínculo que se tornou  indissolúvel entre vinho e território.

IMG_8267.JPG

Fico sempre encantada quando vejo a família envolvida no seu negócio, principalmente quando os filhos vão assumindo postos de relevância à frente do negócio, e foi  assim que conheci,  Diana D’Isanto,  filha única de Antonella que desde 2013 trabalha na vinícola na área comercial, e também atua para  promover projetos  que prioriza o meio ambiente. A família D’Isanto possui o grande  mérito por ter  transformado   a I Balzini em uma vinícola totalmente eco-friendly, título concedido,  às vinícolas que implementam  as melhores práticas, desde a vinha até a garrafa.

IMG_0272-1024x780
Insira uma legenda

Outro fato que me chamou a atenção, foi ver exposto por toda vinícola  pinturas, denominadas,  enoarte ou pinturas feitas com vinho, além de eventos literários e  apresentações de livros. “Eu posso definir a  Balzini  como uma adega cultural, que ama todas as expressões de arte” afirma Antonella.

IMG_8246.JPG

I Balzini pertence ao Grandi Cru d’italiano grupo, uma associação fundada em 2005 para proteger e promover o prestígio de empresas que têm produzido excelentes vinhos por pelo menos 20 anos, os vinhos classificados com pontuação consistentemente elevados.

thumbnail_IMG_8274

Assim como na França, onde a classificação do Grands Crus foi estabelecido por lei em 1855, os crus Italianos são destinados aos vinhos indicados produzidos em solo italiano a partir de qualquer uvas nativas ou internacionais que tenham obtido o reconhecimento de alto nível para sua qualidade de publicações ou a partir de as guias italianos e internacionais mais autorizados ao vinho.

Os Vinhos da I Balzini são exportados para Estados Unidos, Korea, Alemanha, França, Hong Kong. O seu tinto Black Label Gold safra 2013, um belíssimo corte bordalês, já foi servido na First Class da Latam

Em 1987 foi a  primeira safra vinificada na I Balzini, ocasião em que foi lançado o White Label, um vinho de cortes iguais de Cabernet Sauvignon  e Sangiovese.

Notas Degustativas:

Silver Label Vino Spumante – Metado Clássico  Brut Blanc de Blanc

FullSizeRender (2).jpg

Um sofisticado espumante que presenta um aroma delicioso e envolvente que mistura flores brancas e frutas cítricas. É um espumante delicado e elegante, Espumante muito equilibrado e com uma boa cremosidade.

 I BALZINI Pink Label IGP Colli della Toscana Centrale

IMG_8330.JPG

Sangiovese e Merlot, são as uvas da  composição deste belo rosé.  Floral, festivo, vivaz com aromas de morangos e cerejas frescas. Excelente acidez e boa persistência.

I BALZINI Green Label IGP Toscana

9686_Vinho_I_Balzini_Green_La.jpg

 

Corte de Sangiovese e Mammolo. A uva Mammolo também conhecida como Sciaccarello, é uma variedade de uva tinta muito consumida na Córsega ao Sul da França, é muito utilizada para produção de vinhos tintos varietais, tanto rosés quanto tintos. Este vinho possui coloração rubi brilhante. No  nariz mostra muito frescor  e  notas leves de frutas vermelhas. Muito macio, elegante e fresco. Final de boca curto

I BALZINI Red Label IGP Toscana.

 IMG_8293.JPG

Um corte de Sangiovese e Cabernet Sauvignon, amaciado pelo Merlot, e com breve passagem por barricas de carvalho, faz desse Supertoscano, uma bela surpresa, pois mantém o seu frescor e vivacidade. Os aromas são harmoniosos e amplos, mas predominância de notas de frutas vermelhas confirma seu frescor. Vinho redondo, equilibrado e boa persistência.

I BALZINI White Label IGP Colli della Toscana Centrale

IMG_8339

O corte de Sangiovese e Cabernet Sauvignon em partes iguais. De vermelho rubi intenso e profundo. No nariz possui grande complexidade olfativa, com predominância de frutas do bosque, notas de  framboesa e cereja negra. Percebe-se ainda os aromas, balsâmico e de trufas. No palato, elegante e envolvente e com grande estrutura. Taninos macios e com excelente persistência.

I BALZINI IGP Colli della Toscana Centrale

 

Vinho de rubi intenso com profundas notas violetas. De aroma intenso e elegante com notas de frutas negras como amoras e mirtillo, além de baunilha, tabaco e chocolate. Em boca, o vinho se mostra intenso e complexo, com taninos elegantes e final longo. Uma jóia!

I BALZINI Gold Label 2012

i-balzini-gol-label-defini

Este 100% Merlot é a jóia da coroa da I Balzini. Sua produção vem das vinhas antigas e toda a  colheita é manual. O Gold Label possui uma cor rubi intenso e profundo. A gama aromática é  incrível, com notas de cassis, ruibarbo e eucalipto. Um vinho volumoso e que enche a boca com frutas negras, muito redondo e com taninos elegantes e macios. Final longuíssimo.

Edição: Su Maestri

963730_736025869760121_1590637826_o
Su Maestri

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: