Three Wine Men indicam espumante brasileiro para o quentíssimo verão europeu

Três dos mais influentes e reconhecidos especialistas em vinho e gastronomia na Europa acabam de indicar o Miolo Millésime Brut 2012 como um dos espumantes mais efervescentes para o verão europeu!

A lista foi divulgada durante o Let’s Get Fizzical, evento realizado no Reino Unido e encabeçado pelos ‘Three Wine Men’ Oz Clarke, conhecido por seu paladar e entusiasmo e considerado o escritor de vinhos mais popular na Grã-Bretanha; Tim Atkin, Master of Wine recentemente indicado entre os 5 especialistas em vinhos mais influentes do mundo; e Olly Smith, o Jolly Olly do Saturday Kitchen da BBC.

De acordo com Tim Atkin – MW, o Miolo Millésime Brut “é fresco, borbulhante e saboroso, com final cítrico”. Elaborado pelo Método Tradicional – com a segunda fermentação na garrafa – somente em safras excepcionais com as uvas Chardonnay e Pinot Noir, o espumante já havia conquistado o paladar de outro renomado inglês: o crítico Steven Spurrier o elegeu como o melhor espumante do Hemisfério Sul.

Adriano Miolo, superintendente da marca, explica que os espumantes Miolo “estão entre os rótulos brasileiros mais apreciados na Europa. É um mercado-foco para as exportações do grupo, onde é desenvolvido um trabalho consistente para conquistar cada vez mais os exigentes e criteriosos apreciadores europeus”.

O Miolo Millésime Brut – certificado com o selo de Denominação de Origem Vale dos Vinhedos – apresenta coloração amarelo palha com tons esverdeados e sua perlage é fina, abundante e persistente, expressando a alta qualidade do produto. Tem aromas de frutas cítricas, pera e abacaxi, e boa cremosidade. É perfeito como aperitivo ou mesmo desfrutado por si só.

Grupo Miolo

O Grupo Miolo possui projetos em 4 regiões do Brasil com vinhedos próprios: em Bento Gonçalves (RS), no Vale dos Vinhedos – Vinícola Miolo (100 hectares); em Candiota (RS), Campanha Meridional – Vinícola Seival (200 hectares); em Santana do Livramento (RS), Campanha Central – Vinícola Almadén (450 hectares); e em Casa Nova (BA), Vale do São Francisco – Vinícola Terranova (200 hectares).

Edição: Su Maestri

2xJm3Z1nTkBWr4832pMXrwjP5vBPbafWPWI1QA7y5QdDrt099e9E19OK-eaO

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: