Art Du Vin recebe António Saramago

 

13162479_1310244645671571_2059458318_n
António e Ausenda Saramago com o casal Moema e Edval Caiado

O empresário Gentil Martins da Art Du Vin recebeu  convidados  para um jantar harmonizado com a presença do grande mestre dos vinhos portugueses, Antônio Saramago, que teve um menu exclusivo elaborado pela Chef Paula Guimarães da Argumento Buffet. Particularmente foi uma oportunidade incrível de mais uma vez degustar os premiados vinhos de um dos mais renomados enólogos lusitano.

13162166_1310257939003575_265147763_n

Eleito em 2011 como o melhor enólogo português no ranking “Top Winemaker” do concurso Wine Masters Challenge, Saramago encantou a todos com suas histórias envolventes e emocionantes, de toda uma vida dedicada ao vinho, contando mais de quarenta anos de dedicação ao vinho português, do qual possui um legado de vinhos excepcionais e de incomparável qualidade.

13183082_1310244755671560_1657688298_n

Sobre a qualidade dos vinhos portugueses ressaltou: “Considero hoje que em nada ficamos atrás dos restantes países produtores de vinho de qualidade, consciente que estou da minha própria responsabilidade nos que são os vinhos modernos de Portugal. Com diversas castas fantásticas, vinhas e clima que se harmonizam como em poucos lugares do mundo, além das conjunções de técnica, arte e a tecnologia, a cada ano o vinho evolui de maneira exponencial para o prazer dos enófilos de todo o mundo.

 

13219791_1310247489004620_579455864_n
António Saramago e Su Maestri

Comentou sobre a produção da Saramago Vinhos, e a utilização da cepa mais emblemática do país, a Castelão, para elaboração dos vinhos monocastas Castelão D.O.C. Palmela Reserva 2005 e Risco 2008, além do multicasta Risco Reserva 2007. Fermentados em tanques de aço inoxidável com temperatura controlada, o primeiro estagia 14 meses em barricas de carvalho americano e o segundo não passa por madeira. O terceiro, por sua vez, uma assemblage de Alicante Bouschet, Castelão, Cabernet Sauvignon e Trincadeira, amadurece durante seis meses em carvalho francês e americano.

 13220176_1310258792336823_185150333_n.jpg

Foram degustados os seguintes vinhos: Risco, Antonio Saramago-Winemaker, Risco Reserva, António Saramago Reserva

 Na mala, Saramago trouxe garrafas do fantástico Moscatel de Setúbal para degustar com seus amigos brasileiros, servido ao final da degustação. Moscatel de Setúbal, um vinho doce fortificado produzido a partir das uvas Moscatel, a Península de Setúbal é uma região cortada pelos rios Tejo e Sado. Seu terroir apresenta solos de areia, calcário e rochas, grande exposição solar e suaves brisas vindas do Atlântico. A região é constituída por duas subzonas completamente distintas. A primeira, situada na base da Serra da Arrábida, é montanhosa e recortada por inúmeros vales e colinas. Ali, o solo é argilo-calcário. Já a segunda fica na parte mais baixa da região. Os vinhedos estão plantados em solos arenosos, originados por depósitos provenientes dos estuários dos rios Sado e Tejo. Tais condições favorecem o cultivo de várias castas, com predominância da Moscatel e da Castelão. Em especial, esta última, que amadurece nessa região em melhores condições do que em qualquer outra parte de Portugal.

13182952_1310244475671588_506083521_n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: